Viagem a frente!

Gostaria de avisar que estarei viajando nessas próximas duas semanas e por isso o movimento por aqui pode ficar um pouco (bastante) lento. Tentarei postar durante a viagem, mas a verdade é que vai ser bem complicado. Não posso fazer um post muito longo porque tenho que ir me arrumando.
 Espero que as postagens de até agora sejam o suficiente para manter-lhes atentos. Abraços!

Por quê trocamos a liberdade pelo conforto?

  Qu
http://2.bp.blogspot.com/-F4BXjfqKzKU/T7pMWejUPWI/AAAAAAAAAGs/sfB3pkfHV9I/s320/P%C3%A1ssaros-Gaiola-2-500x500.jpg 

  Acho que esse será o primeiro pensamentos da madrugada que acontece de madrugada. 
  Imagino que todos saibam como é o sentimento de estar ouvindo musica, sentado na frente da tela do computador e de repente começar a repensar sobre a vida. Até porque sempre que nossas mentes estão vazias elas se voltam para elas mesmas. 
http://www.sgagora.com.br/sg/wp-content/uploads/2015/03/bebe4-540x340.jpg  De qualquer forma, dessa vez me peguei pensando no por que de trocarmos sonhos de liberdade por sonhos de conforto. 
  
  Se há algo inato em todos nós, é o desejo de liberdade. Todos nos sentimos desconfortáveis quando somos obrigados a viver em uma situação que seja contrária à qual gostaríamos de estar. Por isso há tantos conflitos entre pais e filhos, pais são os símbolos das regras, nós somos obrigados a segui-los e isso nos aflige tremendamente. 
  Porém, se odiamos tanto as regras que temos de seguir, por quê nós não ligamos para aquelas que criamos para nós mesmos?
  Qual a razão de não ligarmos para as limitações que criamos em nossas próprias vidas? 
  Todos já tivemos um sonho de liberdade: viajar o mundo, querer ser piloto de avião, sei lá, qualquer coisa do gênero. A maioria de nós desistimos disso e começamos a sonhar com uma casa, com um lugar fixo e um sucesso local. 
  Acho que faz parte de amadurecer, talvez a realidade não seja tão livre quanto pensamos. Talvez nós nos tornemos cada vez mais concretos, cada vez que temos que transformar sonhos em realidades notamos que o abstrato é simples, tão simples que não está de acordo com esse mundo, tão simples em teoria mas é impossível coloca-lo em prática.



Você conhece a Marga? Não? O que você tá fazendo da sua vida?

  Se você não conhece a Marga, você ainda não sabe o que é um bom diário. O título de seu blog Diário Mesclado é uma descrição perfeita não apenas de seu conteúdo, mas também do que ela é. Uma rockeira potterhead que vai de A a Z em músicas e livros.
   Vi seu blog em um site de compartilhamento de links e quando fui direcionado para sua página me senti em casa. É tudo feito com muito carinho e o formato de um diário interativo faz com que você se sinta ainda mais por dentro dessa mente independente.
  Fiz algumas perguntas para essa pernambucana nada usual e juro que vou compartilhar com vocês cada informação que consegui, mas uma personalidade tão tímida e simpática irá lhe distrair de seu trabalho, que é justamente o que quero que você veja.
  Ainda assim darei uma palinha de sua pessoa:
  "Fico tanto tempo dentro de casa que quando vou sair parece até que esqueço como se anda!" - Twitter 
" E se tropeçar do chão não vai passar. Quem sete vezes cai  levanta oito. " - Twitter 
Aquela típica pitada de vontade de ficar em casa e uma vontade tremenda de não deixar acabar o que começou. Lutando bravamente com um pouquinho de preguiça, afinal é sempre bom saber os momentos de tomar um intervalo, não é mesmo?
  Porque estou falando tanto dela? Ora, seu blog é algo pessoal, nada melhor do que conhecer sua pessoa antes de entrar.

http://diariomesclado.blogspot.com.br/

Já acessou? Agora as perguntas e respostas.

1- Quais são seus hobbies favoritos?
R: Ler, ouvir músicas, assistir séries e animes, tocar violão, desenhar, viajar...

2- O que lhe fez começar a se interessar pela leitura?
R: Foi depois que eu passei a noite lendo o livro meu pé de laranja lima e descobri que é bem melhor imaginar do que assistir a imaginação de outra pessoa.
3- Que tipo de pessoa lhe agrada?
R: hm, eu sou tímida então se a pessoa for tbm complica pq não vamos ter assunto, então gosto de pessoas divertidas. Que não me deixem desconfortável perto delas.

4- De onde surgiu a ideia do blog?
R: Primeiro eu pensei em fazer um canal no youtube com a minha prima, mas acabou não dando certo. Então eu deixei essa ideia de lado e acabei achando melhor fazer um blog... e tbm pq ajuda a escrever melhor, e como eu quero fazer medicina preciso escrever bem.

5- Quais são suas expectativas para o blog?
R: Eu espero que as pessoas gostem e falem comigo, participem das enquetes que eu fizer no blog... meio que seja um blog/diário não só pra mim, mas pras pessoas que estão lendo ele tbm.

6- Alguma frase em especial lhe descreve ou se tornou sua favorita?
R: Não importa a cor do céu, quem faz um dia bonito é você

7- Quais suas bandas favoritas?
R: Eu gosto muito de Rock.. do tipo, scorpions, metallica, ACDC, linkin park, Evanescence, Legião urbana, gosto muito do cazuza (ele já fez parte do barão vermelho) gosto tbm quando era ele o vocalista. The fray, Queen, the beatles...

Hey gamer, conhece a Pokemon Real Force RPG?

Logo 
  Imagine um jogo com uma equipe extremamente atenciosa e completamente simpática. Não, eu não estou fazendo propaganda sem conhecer, eu falei com o Lucas (ADM do site) e ele é simplesmente gente boa demais. 
   Eu mesmo ainda estou aguardando terminar meus assuntos do blog pra ir lá jogar, portanto não tenho muito a lhes contar sobre o game, mas com uma equipe como aquela não se pode esperar nada menos do que a excelência. Além disso, mais de 3mil membros podem lhe dizer o quão divertidas foram as horas passadas no fórum. 
   Dá uma passada lá que eu tenho certeza que você vai curtir!


Life is Strange (cap1): Está pra existir jogo mais lindo!



                                       http://porcaflamejante.com/wp-content/uploads/2015/05/Life-Is-Stange.jpg        
                                                                         
 Eu nem sei como começar a falar dessa obra que me agradou tanto. Já vou avisando logo no inicio da postagem que o que eu falar não chega nem perto de ser tão épico quanto o jogo realmente é, mas tentarei fazer uma análise bem fiel.


  http://vignette1.wikia.nocookie.net/rememberme/images/b/b2/Max_Smile.png/revision/latest?cb=20150202055844  Começaremos pela lindíssima Max, que havia se mudado de sua cidade natal para uma grande metrópole junto com os seus pais, esperando dessa forma uma vida mais agitada e melhores oportunidades. Ela é uma garota apaixonada por fotografias e simplesmente não consegue ficar longe de sua câmera de fotos instantâneas que ela considera vintage e clássica. Não tem como eu falar dela sem citar que ela é tipo uma rainha das hipsters do mundo, o que fica bem claro desde o começo do jogo quando ela põe os fones de ouvido e começa a tocar uma musica que eu tenho certeza que você nunca ouviu falar na sua vida. Um indie folk maroto que é lindo. 
  Ela é uma personagem um tanto quanto antissocial, mas com pensamentos magnificamente divertidos e inteligentes que são expressados sempre que você analisa alguém no jogo ou algo do gênero. 
 Ela decide voltar para a cidade natal quando descobre que um dos seus ídolos da fotografia está dando aula na Blackwell Academy (onde ela imediatamente decide começar a estudar). 
  Ainda por cima eu me apaixonei ainda mais por ela por sua forma extremamente "boazinha", mas sem ser o clichê de bom. Nada daquele antigo arquétipo de bom tem que ser perfeito. Ela faz o que acha que está certo e o jogo te dá a oportunidade de fazer justiça com as suas próprias mãos, contar o que há de errado, zoar as pessoas que são más etc.
   Aos poucos ela vai ganhando mais e mais confiança, sabendo que pode contar com um poder magnífico (que sempre foi meu 
desejo de poder) que vou explicar mais para frente. 

Depois disso tem suas colegas de classe, que vou falar menos (ou tentarei) para que o post não fique simplesmente gigante.
http://vignette1.wikia.nocookie.net/rememberme/images/8/88/Kate_Marsh.png/revision/latest?cb=20150301175616

Kate é uma garota muito simpática, embora seu extremismo religioso faça com que ela sofra muito, muito bullying mesmo. Ela é a típica garota zoada, acabou de fazer 18 anos e não quer fazer sexo para se guardar por motivos religiosos (o que eu não critico, por sinal, faça o que quiser), mas ela realmente sofre muito por tornar essa escolha pública e por defende-la com tanto fervor. Daí pra frente ela começa a perder sono e a ter muitas outras características de depressão como a exclusão social etc. 
http://vignette3.wikia.nocookie.net/rememberme/images/1/1f/Victoria.png/revision/latest?cb=20150301200235 








  A bitch da história é Victoria, que é uma garota rica, parte da alta sociedade de Blackwell Academy, sendo aquele típico problema na vida de nerds e hipsters de todo o mundo. Essa é uma personagem que eu achei bem clichêzinha, até porque eles adicionaram aquele pano de fundo meio "mas ela é uma garota rica que não conhece outro tipo de vida" o que é oficialmente a coisa que mais aparece em filmes highschool americanos.


 Os personagens tem uma complexidade e tanto e são muitos, portanto não posso passar muito tempo falando sobre eles. 

 Max ficou cinco anos fora da cidade e nesse meio tempo nunca falou com Chloe, sua melhor amiga, ou, como o jeito mais gay de chamar sua melhor amiga: bff. A garota Max então pensa desde o principio que ao voltar iria reencontrar essa garota e aos poucos sua vida voltaria a ser o que era antes. O estranho, porém, é que ela não faz absolutamente nada para poder encontrar essa garota. 


 Max sonha no meio da sala de aula um sonho muito estranho (tentarei não estragar a surpresa) e quando acorda tem o poder mais soberbo (fiquei sem elogios, já usei muitos) de todos os tempos: ela volta no tempo! ELA. VOLTA. NO. TEMPO! 
http://cdn.pastemagazine.com/www/articles/life%20is%20strange%20rewind.jpg Daí pra frente suas escolhas vão acarretar nas grandes diferenças na vida de Max e você com certeza vai dar uma de danadinho(a) e voltar no tempo porque notou que fez besteira. O jogo é lindo demais!
Joguem, sério.  


Moonrise Kingdom

http://cinemabh.com/wp-content/uploads/2012/11/Moonrise-Kingdom.jpg 
  Tá aí mais um filme que eu nunca assistiria se não fosse pelo netflix. Volto a me perguntar: por quê? 
Assim como o clube dos cinco ele me parecia mais um típico clichê que acabou me surpreendendo. 

  O filme se passa em uma ilha da Inglaterra em 1960 e tem como personagens principais um casal de crianças/jovens/adolescentes/seja-lá-o-que-13-anos-é-conciderado.  O rapaz é um órfão que participa ativamente do grupo de escoteiros da cidade. A garota é de uma família extremamente fria e metódica. 

  Os dois então decidem fugir juntos pelas áreas mais selvagens, já que o rapaz está acostumado a essas experiências. Aos poucos, porém, toda a cidade começa a se movimentar: polícia, o líder do grupo de escoteiros e até mesmo uma assistente social que visita a ilha por esse motivo (a fuga).
  
  O que fez eu querer falar sobre esse filme foi a habilidade que ele teve de encantar sem ter uma história muito complexa ou tão inovadora. Eu adoro roteiros, sou especificamente apaixonado por escrever portanto vejo filmes como uma forma de se interagir melhor com um livro. Eu sei que é uma visão meio antiquada, mas é a forma como eu vejo. Quando vi a história do filme não coloquei muita fé, mas logo que ele começou eu pude ver meu interesse subindo cada vez mais. 
                                   https://deciderization.files.wordpress.com/2014/01/moonrise-kingdom-lighthouse.jpg 
Acontece que a fotografia do filme é muito interessante e a sonoplastia faz com que você preste atenção em suas músicas enquanto assiste, meio que como deveria ser tudo o que é audiovisual. A história pode ser boba, mas a falta de acontecimentos complexos faz com que você possa compreender pequenos detalhes, o que faz com que a experiência melhore ainda mais. 

                                    http://cinema10.com.br/upload/filmes/filmes_2132_Moonrise-Kingdom-4.jpg 
O filme é bem quieto, as falas são importantes e o resto fica por conta da parte visual te explicar, existe uma cena (não se preocupe, não é spoiler) em que uma colagem de imagens fala o que aconteceu, e tem bastante gente que ficou viajando naquela parte. 

 Então se você não estiver com vontade de ver nada muito complexo e quiser ver uma obra bobinha e divertida, aqui está uma dica épica. 


O jogo mais divertido do mundo!

http://gamemedia.armorgames.com/13529/icn_heroimage.png
 Um garoto aparentemente comum e um animal grande e moldável são amigos de um objeto inanimado, enfrentando os desafios da vida de aventureiros, eles acabam passando por diversos lugares do mundo onde habitam. 
  Não, eu não estou citando Adventure Time, na verdade esse é um jogo que lembra muito, muito mesmo o desenho. Além de ser o jogo mais divertido de todos os tempos!                                              
https://lh3.googleusercontent.com/proxy/_-LZ2wJkUyO9Ud809w_GQddMHMXnwzK99DddQun-hzKJ2ITdZZe89Ct_lnb6hhkVnp1zrIgdVi3OiF9KVDh3LxnR_Qs=w426-h240-n  
  Tudo começa com os personagens principais, Finn, Jake e Beemo... quer dizer, um garoto "comum" que sabe lutar, uma girafa e (rufem os tambores) uma pedra. Eles aproveitam um de seus dias juntos como grandes amigos em um piquenique. De repente, um homem (extremamente like a sir, assim como o vilão de super meat boy) aparece e sequestra a pedra. Obviamente a vida de uma girafa e um rapaz é insanamente afetada pela ausência de uma pedra e eles decidem busca-la.


 Já dá pra entender que o mundo onde a história se passa é completamente sem noção, e esse gênero é simplesmente fantástico. Não saber o que esperar, poder contar com banalidades como forma de humor, tudo isso dá um encanto extremo no jogo.

 A jogabilidade é outra coisa nada mais nada menos do que linda, podendo escolher a seta ou W,A,S,D para movimentação (sendo a opção que sobrar as habilidades) há uma grande liberdade para os jogadores.
 Os níveis são muito bem pensados e os chefões são épicos!
 
  Melhor do que tudo isso, o jogo é em flash ou pode ser baixado.
  Link: http://gamejolt.com/games/super-adventure-pals/22257